O Beco da Cota Cultural é uma iniciativa voluntária de Mil Onilètó Alagbede. Compreende uma séria de ações culturais comunitárias, A ideia surge com a Família Black Panthers de Taekwondo, projeto sem fim lucrativo que desde 2008 tem acolhido jovens e crianças de diversos bairros da cidade de São Luiz do Maranhão. Ao receber graduação no Taekwondo, pensa em uma devolutiva para os seus, na ideia de oferecer aulas do que aprendeu pra crianças de sua comunidade. O projeto cresceu e se estruturou o Beco da Cota Cultural, uma rua outrora exposta a diversas vulnerabilidades e vitima de constantes violência do braço armado do estado. Com um tempo há a necessidade de ampliar o leque de ações, afim de alcançar um objetivo que sempre com seu irmão de outra mãe, o Johnlennon, que é fomenta a real cidadania, negada aos povos de periferia. muitos de seu Bairro por exemplo nunca tinham assistido um filme em um Cinema. logo é criado o projeto CINE QUEBRADA, com o plano de levar Cinema para as comunidades carentes.

Ações desenvolvidas no Beco da Cota Cultural:

Projeto Black Panthers de Taekwondo

Projeto Cine Quebrada

Atividades esportivas e campeonatos

Rádio Beco

Núcleo Gbara dudu de cultura Digital

Núcleo de formação continuada

Mil onilè†ó é defensor das causas de Direitos dos Povos e comunidades tradicionais de terreiros e Matriz africana, quilombos Rurais e Urbanos, periferias e etc. Luta contra o genocídio dos povo negro e de terreiros, combate a privações de direitos Religiosos contra população negra e em especial aos povos e comunidades tradicionais de terreiros e matriz africana.

Fundados da Articulação Kizomba Nacional de juventude de terreiro, que luta pela vida dos jovens negros e terreiros, na preservação e salvaguarda dos conhecimentos e praticas sagradas tradicionais.

Entusiasta dos softwares livre, Gnu Linux, defensor da democratização dos territórios digitais e busca otimizar a apropriação tecnológica do seu povo.

Dê o seu ALERTA! Suba a bordo em https://juventudeativa.crowdmap.com